18 abril 2008

Retrospectiva Nintendo 64 #2: Banjo & Kazooie

Provavelmente se você teve um Nintendo 64 você deve saber do que vou falar, mas antes de mais nada, vamos conhecer a historia "pré-jogo".

Eram meados de 1990 e pouquinho, na época em que o SNES era a lei, fora criado um jogo. Na verdade um beta que nem lançado chamado DREAM, onde o protagonista era um molequinho inimigo de um pirata chamado Blackeye. Esse mesmo molequinho tinha como parceiros, um coelho e um urso, ambos humanóides. Esse urso viria se tornar Banjo alguns anos depois. Esse jogo não chegou a ser lançado, então os criadores pegaram o melhor personagem, que no caso era o Banjo e colocaram na "prateleira de espera".

Alguns anos depois quando o 64 foi lançado, teve um jogo chamado Diddy Kong Racing (muito bom também), aonde entre os corredores tinha um urso tapado chamado Banjo. Com o sucesso do personagem ele acabou protagonizando um jogo em 98 chamado Banjo-Kazooie.

E essa foi a historia antes do jogo, agora finalmente (rufem os tambores por favor) a história do jogo.

Banjo-Kazooie:


O jogo se assemelhava muito com Mario 64, no sentido de comandos, com combinações como Z+A, Z+B, e coisas do tipo. Mas o grande diferencial era que ao contrario de Mario 64, o jogo tinha uma gama bem maior de personagens, cada qual com uma personalidade distinta e histórias independentes.

A historia do jogo se resume a Banjo e sua melhor amiga, uma passarinha chamada Kazooie, se empenhando em derrotar Gruntilda, uma bruxa com o mesmo complexo da madrasta da branca-de- neve, "existe alguem mais bela do que eu" (com a diferença que ela é feia pra cacete). Com essa pergunta feita, seu caudeirão mostra a menininha, quer dizer, a ursinha mais bonita da história, Tootye, a irmã de Banjo. Então como toda bruxa má de respeito ela vai la e rouba Tootye para tentar drenar sua beleza. Ao acordar e ver sua irma sendo raptada, Banjo chama Kazooie e vai ao resgate, auxiliado constantemente por Bootles, uma toupeira com cara de CDF, que tem tocas espalhadas por todo o mundo e sempre ta la pra ajudar na hora do aperto. É ao entrar na casa de Gruntilda que a dupla se depara com uma imencidão de mundos, todos com desafios humanamente impossíveis, mas não urso-passaramente impossíveis.

Outro personagem de suma importancia na história é Mumbo-Jumbo, um shamã inimigo de Gruntilda. Sabe como é que é ne, inimigo de inimigo meu é meu amigo. Então ele tambem vive ajudando Banjo na luta contra a bruxa, transformando-os em qualquer tipo de coisa pra poder chegar a seus devidos objetivos (as veses ele se engana e transforma numa maquina de lavar, mas tudo bem).

No final de tudo, apos enfrentar um total de 10 fases a dupla se depara com um quiz louco sobre absolutamente tudo, desde a vida de Gruntilda, até mesmo a voz de cada personagem no jogo. É nesse momento que você deve pensar "pô, roubadão isso, como eu vou saber a cor da primeira roupa-de-baixo da velha?!". É para isso que existem os irmãos ué. No meio dessa confusão toda existe outro personagem importante mas um pouco apagado, Brentilda, irmã-fada de Gruntilda, a unica da familia que foi para o lado do bem. É ela que te conta esses segredinho sordidos de sua irmã má. No final do quiz você consegue finalmente resgatar Tootye, e a leva pra casa. Mas não para porai, Gruntilda volta e rouba ela DENOVO!. Ai você vai e finalmente tem a luta final contra ela, um épico com direito a tiros de bolas de fogo ate porradas com a vassoura falante da bruxa. Após derrotaaa ela cai do topo da torre, que é destruida na batalha, e então uma enorme pedra cai encima dela, dando um fim nela, fazendo somente Klungo, seu ajudante trapalhão chorar pelo feito. depois disso sim Tootye volta e tudo acaba feliz e contente no jogo.

conclusão: na minha opinião, banjo-Kazzoie é o melhor jogo de nintendo 64, seguido imediatamente de zelda OOT e mario64. Pra mim leva 10 sem choro nem vela.

Banjo-Tooie:


Antes de mais nada saiba que o jogo a ser comentado não se trata de uma daquelas continuaçoes que os principais são apagados, não, o nome TOOIE é uma alusão ao numero 2, Two, em inglês.

A historia de Tooie se passa logo em seguida do Kazooie. Estava todo mundo feliz na casa do Banjo jogando aquele pokerzinho esperto, até que se escuta uma explosão que vinha do lado de fora. Quando Mumbo vai olhar o problema ele descobe que Klungo (que não saia mais de perto daquela maldita pedra que havia esmagado Madame Grunty , o jeito que kulngo chama gruntilda) havia pedido ajuda das irmãs de sua então esmagada mestra. Mingella e Blobbelda (lembra que eu falei que a unica irma boa era a Brentilda, então, ta aí a prova), elas usam mágica pra levantar a pedra e reviver Gruntilda, que dessa vez volta como uma caveira encarnada. (como se ela não fosse feia o suficiente)

Ai você se eprgunta "ué? no final do 1º jogo a casa da gruntilda não foi destruida? então aonde são os mundos desse?", Bem, nesse jogo as aventuras se passam num continente visinho as terras onde vivem Banjo, kazooie e gruntilda, um lugar chamado "Isle o' Hags". Um reino de ate então paz, governada pelo poderoso rei Jinjo. E então, qual é a da Gruntilda dessa vez?! Bem dessa vez ela usa uma arma chamada Blast 'O Bomb, carinhosamente chamada de B.O.B. essa nova arma suga a energia vital de quem atinge. O alvo-teste é o proprio rei Jinjo que vira um zumbi mórbido. E é missão da nossa querida dupla... Opa!! dupla? nãããããão, não mais, dessa vez é o nosso querido TRIO que vai derrotar as bruxarias frústradas das irmãs Winkybunion. Mumbo entra na jogada como um personagem jogável, com habílidades especiais como conjurar magia, sumonar estátuas da terra e transformar até mesmo a mais "não-respirável" água em um lugar cheeeeeeeeeio de ar respirável para nós mamíferos. ai você pensa "Pô...que dize que ninguem vira nada nesse jogo...que b@$¬ª!". Que nada rapaz, nesse jogo você conta com a ajuda de Humba Wumba, que pelo nome nome você ja repara que tem alguma relação com Mumbo Jumbo. E sim, ela tem, ela é Ex-namorada de Mumbo e atual rival. Só zerando o jogo pra saber o porque da briga (não vou contar só pra dar aquele suspence de novela mexicana Muahahahahahaha!). Ela faz tão bem como mumbo o cargo de transformadora, mas so com Banjo e com Kazooie, se você entrar com Mumbo em sua oca ela coemça a espraguejar-lo até você se cansar e sair, até porque não da pra fazer nada lá dentro com ele.

Outro fato legal, e não tão legal do jogo é a morte de Bootles, naquele engosso de reviver gruntilda, bootles é o primeiro atingido por seus raios...então agora bootle é "zéfini". E pra ajudar no lugar da toupeira-nerd vem o todo certinho e militar, Sargento Jamjars, o irmão de bootles que seguiu a carreira militar, com ele se aprendem novos ataques, que o proprio Bootles não ensinou. O mais interessante é que o fantasma de bootles ainda ronda o proprio cadaver estirado no chão. Porém dependendo do que você fizer ele vira o fantasma-diabólico de Bootles. Relaxa...não faz nada.

O estranho desse jogo é o total e inexplicado sumisso de Tootye do jogo, nem mencionada a coitada é. Bem, fazer oque né?!

Mas é isso aí pessoal, as histórias Urso-galinaceas acabam por aqui. No nintendo 64, porque existem series spin-off para GBA. E são elas banjo Pilot (um joguinho de corrida de avioes com o pessoal de banjo-kazooie) e Grunty's Revenge (um jogo de aventuda 2D bem legalzinho, mostrando Grultilda Voltando DENOVO mas dessa vez com a alma presa num corpo robotico....aé, isso é um adendo mas ok, essa ai ganha meu respeito, só pode ser brasileira, não desiste NUNCA!)

Espero que tenham gostado da matéria, um abraço!

Um comentário:

Computadores disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Computador, I hope you enjoy. The address is http://computador-brasil.blogspot.com. A hug.